domingo, 29 de novembro de 2009

CAIXA 3


Duran quase a meu lado ,já embalado .

Alguns metros a diante ele está já na minha frente .                                                                                  


Vivo escrevendo que a CAIXA TRÊS , atrapalhava minhas largadas , agora nos arquivos do Duran e do Orlando achei algumas fotos de largadas e vou mostrar o que acontecia . Em primeiro lugar , a CAIXA TRÊS foi uma criação de ninguém menos que o grande Crispin ,eram feitas pela M.M que comercializava os Pumas e tinha uma equipe de corridas . Sendo as relações de cambio de um VW normal , feitas para andar na rua , a 1ª marcha era curta para aproveitar a potencia do motor nas saídas , e as outras marchas seguiam até a quarta , feita para andar em estradas , a distancia de relações entre elas era enorme , o que em corridas , com um motor que girava absurdamente mais , eram impraticaveis . Que eu saiba o Crispin fez a caixa 1 , 2 e 3 , que poderiam ser usadas com diferentes relações de coroa e pinhão , a 8/31 , 8/33 , e 8/35 adequando o cambio à pista onde fosse realizada a corrida , alem disso existiam varias relações de 3ª e 4ª marchas , lembro que a 4ª que usava nesta época era 0.96 . A CAIXA TRÊS possuía uma primeira e segunda marchas longuíssimas , aproximando as quatro marchas , assim podendo aproveitar melhor a curva de potencia do motor e usar marchas especificas em curvas especificas . Muitas vezes usei a CAIXA TRÊS com diferencial 8/31 o que em um motor que girava à 7500 RPM , levava a 1ª marcha com os slics de aro 13 da Pneubrás e 20 de altura alcançar absurdos 100/105km/h . Depois que o carro embalava era uma delicia , em Interlagos a tocada era assim . "UM e DOIS" 4ª , "TRÊS" 3ª , primeira perna da "FERRADURA" entrada em 4ª 3ª na tangencia e 2ª já na tomada da perna a esquerda , "SUBIDA do LAGO" ( eta curva complicada ) entrada em 4ª e no meio da curva 3ª , "SOL" que maravilha de curva 4ª , "SARGENTO " 2ª , "LARANJA" 3ª , entrada do "S" 1ª segunda perna a esquerda 2ª , "BICO do PATO " 1ª , "JUNÇÃO" 2ª na entrada e logo a seguir 3ª , sendo a 4ª engatada no antigo "CAFÉ" . Era muito bom de guiar , lógico feito pelo Crispin !! só que a largada era complicada , o motor tinha que ser mantido em giro alto , senão os WEBER 48 encharcavam as velas e sua corrida acabava ai , a hora que abria o sinal verde era uma loucura , todo mundo te passava e você ali controlando os giros do motor e a embreagem , que não podia ser solta de cara , mais sim aos poucos , com o motor em giro alto . Nas fotos acima dá para observar , na primeira estou a poucos metros da largada com o Duran atrás de mim , na segunda ele já me ultrapassou e os de trás estão chegando , já na tomada da "FERRADURA" estou atrás de todos aqueles carros . Ai tinha de andar forte o tempo todo para descontar o tempo perdido na largada . Sei que a criação do Crispin foi ótima , só que os Pumas , eram mais leves , e as corridas mais longas , era muito bom guiar com elas , só que nos VW elas davam este trabalho todo .
Fotos arquivo Duran e Orlando Belmonte Jr
Dia 06/04/2009 de Miguel Crispim Ladeira :" Rui , gostaria de esclarecer que as caixas de câmbio especiais que fizemos na Puma , contou com a participação do Jorge Lettry e também do Alberto Blazek , que foi quem construiu as engrenagens em sua fábrica próximo da estação da Luz ou seja
não fui eu que desenvolvi sozinho certo . Um grande abraço , Crispim ."


Escrevi este texto no dia 18/03/2009 para o Histórias e dias depois recebi o e-mail do Crispim comentando-a . Quero oferecer esta postagem ao Crispim por tudo que ele fez e Graças a Deus continua faz endo por nosso automobilismo e pela pessoa especial que ele é . Crispim um grande abraço do amigo . Rui

6 comentários:

Duran disse...

Rui, vc esqueceu, tinha tambem 9/31 9/33 com casal feito nom sul

Rui Amaral Lemos Jr disse...

Tô velho , ainda bem que vc lembrou .

GP Oficina Mecânica disse...

Segundo meu pai, a caixa 3 é sensácional... eu ainda não esperimentei, digo ainda porque tenho uma na oficina só esperando fechar o motor dela para experimentar na rua...

Vou pedir para ele escrever um texto sobre caixas de marchas e relações... tenho muita coisa aqui...

Quanto a arrancada com uma caixa tão longa assim é complicado, mas depois que o carro foi colocado em movimento a história é outra...

ótimo post!

Abraços
Carlos Eduardo Szépkúthy

Lelis disse...

Olá Orlando!

Recebi o link de um amigo, outro piloto, só que de autorama.
Estou tentando arrumar fotos da D3 para tentar fazer as replicas. Enquanto não consigo tenho feito um quebra-galho. Veja no meu blog http://ls.filho.zip.net.
Gostei muito de ler s/os fuscas!
Abraços
Lelis

Orlando Belmonte Jr. disse...

Lelis !
agradeço por ter conhecido nosso blog, entrei no seu para ver como são os carros, em nosso blog e no blog Historias que vivemos voce vai ter muitas fotos de D3 , caso queira algo melhor eu tenho um aquia na minha casa original para ser restaurado,esta a disposição para copia lo, vi tbm que voce usa vaccum forming para fazer seus carros (bolha), se precisar trabalho em parceria com uma empresa de vaccum forming , e posso fazer em poucas quantidades ok
abraço

Junior Lara Campos disse...

A 9.31 eu usava.